XVI
Congresso
Psicológico
Europeu
Julho 2-5, 2019 Moscovo, Rússia
Bem-vindo

Caros colegas e amigos!

Permitam-me, em nome da Sociedade Russa de Psicologia, convidá-los para o XVI Congresso Europeu de Psicologia na cidade de Moscovo.

Esperamos que o Congresso atraia diferentes especialistas: cientistas e psicólogos práticos, todos unidos pelo interesse pela psicologia, uma das ciências mais interessantes, necessárias e eficazes, pois tem tudo para ajudar a humanidade a resolver grande parte dos problemas da nossa civilização.

Estamos a aplicar todo o nosso esforço para que o Congresso Europeu de Psicologia de 2019 seja um evento inesquecível, o ponto de encontro das tradições psicológicas do Ocidente e do Oriente, troca de dados e opiniões, de conhecimento útil ao nascimento de novas idéias e magníficos grupos de colaboração.

O Ministério da Educação e Ciência da Federação Russa, o Governo de Moscovo, a Academia Russa de Educação, a Academia Russa de Ciências e outras organizações proeminentes do nosso país já apoiaram as nossas boas intenções.

Também estamos muito felizes que possam visitar Moscovo e outras belas cidades russas. A nossa equipa está a trabalhar muito, tendo prestado atenção não apenas ao programa científico do ECP2019, mas também ao programa de turismo. Queremos verdadeiramente que possa conhecer as melhores atrações turísticas, o artesanato e a gastronomia da Rússia.

Zinchenko Yuri Petrovitch

Presidente da Sociedade Russa de Psicologia

http://psyrus.ru/en/

Bem-vindo ao 16º Congresso Psicológico Europeu,

que será realizado em Moscovo de 2 a 5 de Julho.

XVI Congresso da FEAP, organizado pela Sociedade Psicológica Russa, reunirá cientistas e profissionais de todo o mundo. É notável que o direito de receber o congresso da Federação Europeia de Associações Psicológicas conquistou o país com uma história da ciência psicológica tão rica.

O tema do congresso "Psicologia: criamos um futuro juntos" reflete o nosso desejo e responsabilidade de participar no futuro da humanidade. A psicologia como ciência e tal como prática afeta muitas áreas da existência humana e é projetada de contribuir para o desenvolver e melhorar a vida das pessoas.

Queremos contribuir para a construção conjunta do futuro. Sabemos que a melhor solução pode ser gerada apenas como o resultado duma discussão das questões mais importantes do nosso tempo conjunta por especialistas de várias áreas e escolas científicas.

Os problemas com os quais trabalhamos são muitos, e as obrigações dos Estados internacionais para resolve-los são formados para o desenvolvimento da Organização das Nações Unidas. A saúde mental e o bem-estar da população são identificados hoje como tarefas principais e é muito precisa ser feito para resolve-los. Mas não ficamos limitados só com isso, os desafios mais importantes do nosso tempo incluem também: nível de pobreza da população, qualidade da educação, questões de emprego, conflitos armados e outros. A nossa participação na sua decisão é extremamente importante e devemos mostrar a eficácia da ciência psicológica na construção conjunta do futuro da humanidade.

O 16º Congresso Psicológico Europeu será um momento importante na demonstração do trabalho de psicólogos da Europa e de todo o mundo na resolução de muitos problemas mais revelantes.

Quero que vocês se juntem a nós em Moscovo para participar na solução das questões mais importantes do mundo moderno. Juntos podemos melhorar o futuro.

Atenciosamente,

Baptista Telmo Mourinho

Presidente
da Federação Europeia de Associações Psicológicas (FEAP)

http://www.efpa.eu/

Caros colegas!

Universidade de Moscovo desde a sua fundação tinha fama das suas tradições ricas no campo das ciências humanas. Dentro das suas paredes, trabalharam e continuam a trabalhar muitos cientistas, que dedicaram-se ao desenvolvimento do conhecimento humanitário, destinado a um estudo abrangente do homem.

Tenho o orgulho de convida-los para participar no Congresso Psicológico Europeu, que será realizado na Universidade Estatal de Moscovo de M. V. Lomonosov em 2019.

A Universidade de Moscovo é um conjunto arquitetônico único, perto do centro de Moscovo moderno, equipado com tudo o que é necessário para realizar um evento científico internacional tão significativo.

Tenho certeza de que o Congresso será mais um passo no desenvolvimento da cooperação internacional no campo da psicologia e na promoção dos interesses da ciência e da prática psicológicas.

Atenciosamente,

Sadovnichy Viktor Antonovich

Reitor da Universidade Estadual de Moscovo,
de M.V. Lomonosov

https://www.msu.ru/en/

Caros colegas,

O papel da psicologia na educação moderna é difícil de sobrestimar. As conquistas desta ciência são de grande importância para a construção de um processo educacional harmónico em todas as suas etapas. Tenho o prazer de convida-los para o Congresso Psicológico Europeu em Moscovo. Tenho certeza de que o Congresso será um evento importante para a ciência humanitária russa e justificará as mais altas expectativas da Federação Europeia de Associações Psicológicas.

Eu agradeço muito a contribuição da Sociedade Psicológica Russa e da Universidade Estadual de Moscovo de M. V. Lomonosov, para o desenvolvimento da cooperação internacional de especialistas do perfil o mais amplo.

A Academia Russa de Educação fará o máximo para atrair o maior número possível de jovens profissionais para participar no Congresso Psicológico Europeu, porque isso não será apenas um passo importante no formação e desenvolvimento de suas carreiras profissionais, mas também contribuirá para a unificação das pessoas que terão de resolver as tarefas colocados perante a humanidade no futuro.

Atenciosamente,

Verbitskaya Lyudmila Alexeevna

Presidente honorário da Academia Russa de Educação

http://rao.ru/en/

Sobre o congresso

Palácio Estatal do Kremlim

O Palácio Estatal do Kremlim situado no antigo Kremlim de Moscovo, coração da capital russa, foi construído em 1961. Este prédio monumental encontra-se no território do Kremlim de Moscovo, local sagrado para cada russo.

Mikhail Vasilyevich Posokhin foi chefe da equipa de arquitectos. Hoje em dia a sala de espetáculos do Palácio do Kremlim é uma das melhores do mundo.

Segundo os especialistas competentes, a sala que cabe 6000 pessoas tornou-se uma das melhores do mundo depois de uma modernização do equipamento sonoro e luminoso efectuada em 2013.

O Palácio Estatal do Kremlim situado no antigo Kremlim de Moscovo, coração da capital russa, foi construído em 1961.
Actividades:
Acto de inauguração
Endereço:
Moscovo, Kremlim
Metrô:
Linha Sokolnicheskaya (linha 1 ou seja linha vermelha), paragem “Biblioteka imeni Lenina” (“Biblioteca Lenin”)
Linha Filevskaya (linha 4 ou seja linha azul), paragem “Aleksandrovskiy sad” (“Jardim Aleksandrovskiy”)
Autocarros:
№ 255, 144, 158, Н2, M6
Site oficial:

MSU
Universidade de Moscovo

A Universidade de Moscovo foi fundada em 1755. Aqui estudam mais de 40.000 estudantes. Mais de 6.000 professores e cerca de 5.000 investigadores trabalham em faculdades e nas instituições de pesquisa. Todos os anos cerca de 4.000 estudantes e pós-graduados estrangeiros de todo o mundo frequentam a Universidade de Moscovo.

O campus universitário de Moscovo é extremamente abrangente, com uma área de edifícios que excede os 1 000 000 m2 e inclui 8 residências onde vivem cerca de 12 000 estudantes.

A Biblioteca da da Universidade Estadual de Moscovo é uma das maiores da Rússia. Contém 9.000.000 de livros, 2.000.000 dos quais em línguas estrangeiras. O número aproximado de leitores é de 55 000, num ano são lidos cerca de 5 500 000 livros.

A nova adição ao conjunto arquitectónico da cidade Universitária.
Participação nas atividades:
Programas científicos, exposições, atividades extras
Endereço:
Avenida Lomonosovskiy, 27, edifício 4
Metro:
Sokolnicheskaya linha (Linha 1 ou linha vermelha) Estação Universidade
Autocarros (trólebus):
1, 47, 67, 103, 113, 130, 187, 260, 661 a paragem de "Mendeleevskaya ulitsa"
Serviço de transporte:
Alguns hotéis organizarão serviço de transporte
Os participantes e organizadores
Connie Herbert Anthony
Connie Herbert Anthony
Alemanha

Doutor em psicologia, professor de psicologia organizacional na Universidade de Trier (Alemanha) e presidente da Sociedade psicológica alemã (desde 2016).

Interesses científicos: gestão de recompensa, contratos psicológicos, liderança, trabalho em equipa, estresse e equilíbrio entre as esferas «actividade profissional – vida privada», consequências de aplicação de tecnologias digitais no trabalho.

A actividade prática compreende o apoio de dirigentes na organização de trabalho do colectivo e na organização do sistema de recompensa.

Página pessoal

Rakhman Ardi
Rakhman Ardi
Indonésia

Doutor em psicologia, chefe da cadeira de psicologia individual e social na Universidade Airlangga (Indonésia), membro da Sociedade psicológica indonésia (HIMPSI) e da Associação de psicologia social indonésia. Foi graduado como mestre de psicologia na Universidade federal de Ural (Rússia) e doutorado na Universidade de Varsóvia (Polônia). 

Os interesses científicos incluem ciberpsicologia, mediapsicologia, psicologia de culturas cruzadas, conhecimento social, dinâmica de grupo. O actual projeto de investigação diz respeito ao conhecimento social na área dos média digitais e ao engajamento da população por meio de tecnologias digitais.

Página pessoal

John Berry
John Berry
Canadá

Doutor em psicologia, professor honrado da Universidade Real (Canadá), professor da Universidade Nacional de Investigações «Escola Superior de Economia» (Rússia). Foi honrado com o grau de professor na Universidade de Aténas e na Universidade de Genebra (2001).

Página pessoal

Sharon Horn
Sharon Horn
Espanha

Doutora em psicologia, professora de psicologia de consultas e director de ensino de psicólogos de consulta do Doutorado da Universidade de Boston, Massachusetts acreditado pela Associação psicológica norteamericana. É representante da Associação psicológica norteamericana na Rede psicológica internacional de lesbianas, gays, bissexuais, transgêneros e hermafroditas (IpsyNet), foi presidente do comité que elaborou a resolução sobre obrigações da IpsyNet quanto a aspectos de LGBT.

Página pessoal

Valentin Butsik
Valentin Butsik
Eslovénia

Professor, director da faculdade de psicologia de Lubliana (Eslovénia). 

Principais interesses científicos: metodologia, testes psicológicos, psicologia diferenciada, aspectos metodológicos de padronização de avaliação de conhecimentos e de realização de exames em escolas, monitorização de padrões de qualidade de ensino em escolas e em sistemas de educação em geral.

Os trabalhos mais recentes dizem respeito a vários modelos de talento e de actividade criadora como também à influência da actividade criadora (artística) sobre o desenvolvimento, a educação e o aproveitamento escolar de crianças e jovens.

Página pessoal

Amanda Clinton
Amanda Clinton
EUA

Doutora em psicologia, professora, chefe da Direcção de relações exteriores da Associação psicológica norteamericana. Trabalhou na Universidade de Puerto-Rico especializando-se em programas de importância cultural, de aspectos de terna idade, de desenvolvimento social e emocional e de bilingüismo. Psicólogo licenciado, psicólogo escolar acreditado, de experiência de trabalho em clínicas municipais, clínicas para crianças e escolas de ensino geral. Practicou em círculos científicos e na área legislativa.

Página pessoal

Santo di Nuovo
Santo di Nuovo
Itália

Doutor em psicologia, professor da Universidade de Catana (Itália), chefe da cadeira de educação, também responsável de prática clínica, consultas e apoio pós-clínico. Presidente da Associação psicológica italiana.

Os estudos dizem respeito à metodologia e psicometria que se usam em várias áreas de psicologia como tradução e adaptação de escalas, testes e questionários, qualimetria da psicoterapia realçando os métodos de avaliação e análise de dados, métodos de medição na área da técnica robotizada auxiliar e da psicologia desportiva.

Página pessoal

Neringa Grigutaitė
Neringa Grigutaitė
Lituânia

Doutora em psicologia, docente da cadeira de psicologia clínica da Universidade de Vílnio (Lituânia). Presidente da Sociedade psicológica lituana. 

Durante 17 anos tem trabalhado como psicólogo e psicoterapeuta. Na sua actividade profissional combina o trabalho científico com a práctica privada.

Entre os interesses científicos: psicologia clínica, avaliação psicológica, psicologia de traumas, condições de vida favoráveis e violência contra crianças.

Página pessoal

Maria Paz Garcia-Vera
Maria Paz Garcia-Vera
Espanha

Doutora em psicologia, professora, trabalha na cadeira de psicologia clínica da Universidade Complutense de Madrid sendo chefe da comissão extraordinária de psicologia de situações de emergência e de calamidades naturais sob a égide da Unidade militar de situações de emergência.

Estuda perturbações psíquicas e de saúde de vários tipos como tabagismo, hipertensão, consequências psicopatológicas de calamidades naturais e atentados terroristas.

Página pessoal

Eleni Karayanni
Eleni Karayanni
Chipre

Doutora em psicologia, psicólogo clínico licenciado. É funcionária da faculdade de psicologia da Universidade de Chipre, chefe do centro de saúde psicológica junto da mesma e presidente da Associação psicológica de Chipre (desde 2015). 

A sua experiência do psicólogo clínico abarca idades diferentes e vários problemas em contexto de escola, esfera laboral etc.

Página pessoal

Sílvia Helena Coller
Sílvia Helena Coller
Brasil

Psicólogo em aspectos de idade, professora, chefe do Centro de estudos psicológicos da população em zonas de risco junto da faculdade de psicologia da Universidade federal de Rio-Grande-do-Sul (Porto-Alegre, Brasil).

Partcipa em estudos actuais cujo objeto são grupos de risco da população e dedicados principalmente à psicologia de translação e aplicada em contexto de desenvolvimento da teoria bioecológica. Os interesses profissionais abarcam também os direitos da criança, a vitalidade, preconceitos e o desenvolvimento pró-social moral. 

A sua equipa colabora com os colegas de cinco continentes em objectivos de educação e investigação. Eles ocupam-se de desenvolvimento de habilidades no seio da juventude informando os jovens sobre os direitos do homem e instruíndo os psicólogos, funcionários de esfera social, ergoterapeutas, professores e funcionários de educação que contactam com a juventude de grupos de risco.

Página pessoal

Hans Kut
Hans Kut
Países Baixos

Professor honrado da Universidade Livre de Amsterdão, exerceu funções de professor e director da repartição de psicologia e psicopatologia de desenvolvimento, foi direstor da faculdade de psicologia e educação e chefe do Programa de saúde psíquica do Instituto de Estudos de saúde e assistência médica (EMGO+) junto da Universidade Livre de Amsterdão (VUA), sendo também vice-presidente da Associação psicológica neerlandesa.

Actualmente a principal especialização dele é psicologia de desenvolvimento. A sua actividade científica compreende estudos longitudinais, experimentais e intervencionais na área de desenvolvimento social e emocional, de problemas de comportamento e emocionais, de psicopatologia, adaptação, de qualidade de vida da população em geral, de seleções clínicas específicas inclusive pessoas que têm problemas psiquiátricas, intelectuais e somáticos.

Página pessoal

Talis N. Papadakis
Talis N. Papadakis
Grécia

Psicólogo clínico, chefe da repartição de família e infância no Centro psicoterapeutico aberto, vice-presidente da Associação dos psicólogos da Grécia (presidente da Associação de 1995 a 2015), presidente do Comité Nacional de classificação para atribuição de EuroPsy. Seus interesses científicos e práticos encontram-se na área de análise de grupo e psicoterapia familiar em contexto de perturbações psíquicas graves como também de desenvolvimento cognitivo e de sistemas tonais da língua grega.

Francisco Miranda Rodriguez
Francisco Miranda Rodriguez
Portugal

Doutor em psicologia, até há pouco tempo — director executivo e, desde 2017, presidente da Associação psicológica portuguesa.

É psicólogo de mais de 10 anos de experiência de trabalho na área de HR, consultor em questões de desenvolvimento orgazinacional, liderança, eficiência pessoal e colectiva, especialista em pensamento de jogo.

Página pessoal

Andrjei Sekovsky
Andrjei Sekovsky
Polónia

Andrjei Sekovsky, professor, dirigente da faculdade de psicolgia de diferenças individuais da Universidade Católica de Lúblin, vice-presidente da Sociedade psicológica da Polónia.

Principais interesses científicos – talento e orientações sociais em relação aos deficientes. Durante os últimos 10 anos tem dirigido treinos e instruções de mestre de psicologia para crianças talentosas na Polónia, Alemanha e nos EUA.

Página pessoal

Michael Smith
Michael Smith
Grã-Bretanha

Doutor em psicologia, especialista em psicobiologia. Docente na equipa de estudos de estresse, chefe do programa de mestre de psicologia na faculdade de psicologia na Universidade de Northumbria (Grã-Bretanha).

Seus interesses científicos compreendem: situações psicológicas de diabete de segundo tipo, premissas psicológicas de saúde sexual e interligação entre o indivíduo, estresse e a saúde física.

É um participante activo da Associação psicológica británica sendo presidente da conferência regular (2017–2020) e membro do comité de estudos e da secção de psicobiologia.

Página pessoal

Tolene Sodi
Tolene Sodi
RSA

Professor, doutor em psicologia, psicólogo clínico autorizado, director da faculdade de psicologia na Universidade de Limpopo (RSA). É presidente da Sociedade psicológica da África Austral.

Áreas de actividade: interligação de cultura, saúde psíquica e doenças psíquicas, psicologia de aborígenes, atraso mental, leslisação na área de saúde psíquica, cultura e ética, suicídios, saúde e comportamento, método arquivado de estudo, fenomenologia e estudos fenomenológicos.

Página pessoal

Christoph Steinbach
Christoph Steinbach
Suíça

Professor da Universidade de Ciências Aplicadas de Zürich (Suiça). Vice-presidente da Federação européia de associações psicológicas.

Especialista em psicologia de desenvolvimento. Seus interesses científicos abarcam a resiliência psicológica, o desenvolvimento da juventude, a propaganda do modus vivendi saudável no seio dos jovens, consultas. 

Os estudos mais recentes dizem respeito aos problemas de consciência e de apoio mútuo em grupos juvenis, à propaganda do modus vivendi saudável no seio dos jovens e ao desenvolvimento de coletivismo.

Página pessoal

Neby Shümer
Neby Shümer
Turquia

Professor da Universidade de Sabantchi (Turquia). Seus principais interesses científicos dizem respeito à dinâmica de afeto e ao comportamento dos pais no decorrer de toda a vida como também à segurança de trânsito e ao comportamento de motoristas. Ele é um dos principais investigadores na área de criação de um sistema computarizado de avaliação psico-técnica do comportamento de motoristas, que já está a ser amplamente usado na Turquia. Ele também faz estudos na área de avaliação do indivíduo, de influência do desemprego, de estatística avançada e de ensino da psicologia.

Персональная страница

Massao Yokota
Massao Yokota
Japão

Doutor em psicologia, professor da faculdade de psicologia da Universidade de Nihon (Japão). Tendo sido graduado da faculdade de cinema da Universidade de Nihon, foi posteriormente graduado como doutor de psicologia na mesma Universidade. Anteriormente já foi presidente da Sociedade japonesa de estudos de animação, sendo actualmente presidente da Associação psicoógica japonesa.

Na sua actividade académica especializa-se em psicologia clínica, testes psicológicos, psicologia de animação e de cinema. Publicou alguns materiais relacionados às perturbações cognitivas de pessoas que sofrem de esquizofrenia, aos testes de desenho e à psicologia de animação.

Página pessoal

Jiansin Jang
Jiansin Jang
China

Doutor em psicologia, professor de psicologia, ex-director-adjunto do Instituto de psicologia da Academia de Ciências da China. Presidente da Associação de psicologia social chinesa, membro do Comité Executivo da União Internacional de Ciências Psicológicas (IUPsyS), ex-presidente da Associação asiática de psicologia social, membro da presidência da Associação de saúde psicológica da China. 

Interesses científicos: indivíduo e avaliação do indivíduo, psicologia social, saúde psíquica dos operários e adolescentes chineses. 

Página pessoal

Yuri Petrovich Zinchenko
Yuri Petrovich Zinchenko
Rússia

Doutor em psicologia, professor. Dirigente da faculdade de psicologia da Universidade Lomonossov de Moscovo, presidente da Sociedade psicológica russa, presidente da Academia de Educação russa, psicólogo médico-chefe do Ministério de Saúde da Federação Russa. 

Seus interesses científicos compreendem a psicologia clínica e a metodologia de psicologia.

Página pessoal


Sobre Moscovo

Vida serena dos tesouros da cidade

Moscovo é muito mais do que o Kremlin incrível e Catedral de São Basílio. As obras de arte da cidade estão em poucos passos de distância.


Moscovo em detalhes

Moscovo é uma cidade de mosaicos e afrescos. Permite-lhes contar a sua história colorida.


Berço do construtivismo inspirador

 

Galeria Estatal Tretyakov
e Museu de Pushkin

 


Resumos e inscrições

Comité Científico do XVI Congresso Psicológico Europeu convida apresentar teses para: simpósio, discussão de painel, relatório ou apresentação de estende (poster). Os materiais de qualquer campo da psicologia são bem vindos. Esperamos que os autores apresentem as pesquisas novas não publicadas anteriormente em inglês e outras línguas.

Todas as teses serão analisadas independentemente pelos seus colegas, nomeados pela Comissão Científica do Congresso. A notificação sobre aceitação dos teses com as informações e instruções detalhadas correspondentes será enviada ao autor especificado como destinatário da correspondência, até dia 4 de Março de 2019.

Aprovação das teses pelo Comité Científico não implica qualquer assistência financeira ou descontos no registo. Os oradores devem fazer registo antes dia 1 de Abril de 2019, para garantir que seu relatório seja incluído no programa do Congresso.

Os autores dos teses de momento de sua submissão transferem automaticamente aos organizadores do Congresso o direito de publicar suas teses online e em meios eletrónicos, e também permitem a gravação de áudio/vídeo da apresentação, para reprodução e publicação do registo de desenvolvimento profissional no site do Congresso e sites relacionados, em CD/DVD, e também dar permissão para acesso online ao formato PDF de apresentações a todos os participantes do Congresso. Os autores também autorizam automaticamente os organizadores usar as informações pessoais recebidas antes e durante o congresso para fins estatísticos.

Em caso de alguma dúvida sobre o procedimento de enviar teses, entre em contacto connosco pelo email abstract@ecp2019.ru